25 de jun de 2010

Vivendo e aprendendo a jogar...


Às vezes a vida parece exigir o impossível de nós. Como atender a todas as expectativas? Como conciliar tantas necessidades diferentes? Como dar conta de tantas responsabilidades? Como encontrar o equilíbrio em meio ao caos?

Algumas pessoas ficam tão atordoadas que nem se dão ao trabalho de tentar. Simplesmente engatam o piloto automático e torcem para chegar ao final da corrida sem escoriações. Outras, entronizam a lei da selva, e saem por aí atropelando tudo e todos à sua frente, sem questionar se isso trará conseqüências, sem demonstrar remorso ou compaixão. Alguns ficam paralisados devido ao medo, e colocam em perigo a si mesmo e aos outros. Outros, passam o tempo todo socorrendo mortos e feridos, e se esquecem da própria segurança. Uns poucos mantém a calma e a velocidade, agindo com a maior integridade possível dentro das circunstâncias. Ainda há outras possibilidades, mas você já percebeu a idéia, não? Cada ser humano reage da maneira que lhe é peculiar, na tentativa de alcançar os objetivos a que se propôs (mesmo que estes objetivos se resumam a sobreviver mais um dia).

Estamos atravessando uma destas fases em que o impossível parece estar na ordem do dia. Necessidades conflitantes exigem nossa atenção, e não há uma fórmula mágica para resolver o impasse. Consciência do que está ocorrendo (dentro e fora de você mesmo) ajuda. Fé num Poder Maior que o seu, também. E disponibilidade para crescer e aprender é fundamental. De resto, doses cavalares de paciência, compaixão e senso de humor.

Urano e Júpiter de mãos dadas em Áries querem que você altere a sua perspectiva, olhe para as coisas, pessoas e situações com novos olhos. Crie coragem e tente algo novo. Arrisque-se a ser diferente do rebanho.

Saturno está encerrando suas lições em Virgem, e quer que você coloque ordem na sua vida. Chega de protelar e deixar para resolver amanhã, mesmo porque você não tem a menor idéia de como vai ser o dia de amanhã. E, a propósito, Marte está ajudando Saturno a corrigir as provas.

Netuno também se aproxima do final de sua temporada em Aquário, e a necessidade aqui é compaixão, pela humanidade como um todo (e isto inclui você), pelo planeta como um todo.

E Plutão... ele continua firme e silenciosamente escavando, trazendo à superfície as impurezas que devem ser descartadas. Eventualmente, algumas riquezas também serão reveladas, mas isso leva tempo. Enquanto isso, ele quer que você encare o que está sendo mostrado, e tenha a firmeza de caráter necessária para admitir seus erros e fazer as correções necessárias.

A imagem que me ocorre é a de um malabarista, equilibrando vários pratos que giram ao mesmo tempo. É preciso ter paciência, concentração, firmeza, equilíbrio, flexibilidade, CONSCIÊNCIA... E me ocorre também que muitas mães, pelo mundo afora, estão de certa forma habituadas a este malabarismo diário, na correria louca que se tornou o processo de criar os filhos em nossa sociedade.

Amanhã, dia 26 de junho, teremos um eclipse lunar em Capricórnio, cuja tendência é enfatizar as áreas que precisam ser trabalhadas. Eu, se fosse você, pediria algumas dicas para alguém que já criou uns dois ou três filhos... Aposto que ela tem algumas sugestões! ;-)

Título: referência à canção Aprendendo a jogar, de Guilherme Arantes.
---------------------------
Você quer fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

2 comentários:

Laura disse...

"Nada de pânico, nada de pânico... aaaaahhh!!!".

Muito bom. Vamos lá. ;o)

Mara disse...

Laura, saudades! É este o espírito da coisa, procurar manter o senso de humor... Tem sido difícil encontrar tempo para escrever os posts, mas eu procuro ter em mente que esta fase, como todas as outras, também vai passar. Enquanto isso, haja malabarismo!