7 de ago de 2009

E nunca mais eu tive medo da porteira... - casa 8


Quando pequena, ela foi ensinada a partilhar. Dividir a água, o pão, os pertences e os ensinamentos com quem estivesse ao seu lado. E, aos poucos, aprendeu a alegria que vem de um coração aberto para acolher o outro.

Quando jovem, foi ensinada a gozar. Envolver o outro num abraço íntimo, permitindo que todas as máscaras se dissolvessem. E, aos poucos, aprendeu a intensidade que vem de um corpo aberto para acolher o outro.

Quando madura, foi ensinada a abrir mão. Permitir que o outro se vá quando é chegada a sua hora. E, aos poucos, aprendeu que a tristeza da perda é proporcional à felicidade da parceria.

E quando o sofrimento parecia ter feito guarida permanente em seu coração, foi ensinada a enxergar além do véu. E, aos poucos, a imensa beleza da vida que se perpetua através do amor preencheu todo seu ser, aplacando a sede de sua alma.

Renovada, ela aprendeu a abraçar a vida de peito aberto, não mais limitada por medos ou preconceitos, livre finalmente para expressar seu ser em toda plenitude.

E mais um anjo ganhou suas asas na Terra.
-----------
No mapa natal, a casa 8 está relacionada aos valores partilhados com os outros, ao sexo, à morte e ao renascimento.

Título: referência à canção Avôhai, de Zé Ramalho. 
-----------------
Partilhe suas experiências: Você tem conseguido acessar e expressar as energias de sua casa 8? Qual a situação desta casa no seu mapa?
----------------------
Você quer fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

13 comentários:

Carol disse...

Olá Mara!

Eu tenho peixes na casa 8. E a minha relação com o signo de peixes está começando agora... rs
Como posso acessar e expressar melhor essas energias? Acho que está tudo bem inconsciente aí... Obrigada!!

Mara disse...

Oi, Carol, saudades! Peixes é um signo altamente empático, e a tendência, na casa 8, é a fusão com o outro. É difícil definir onde o outro termina e você começa... Você é dotada de grande compaixão, e uma maneira de usar estes recursos seria através do exercício da mediunidade (a 8 rege morte e renascimento, portanto está relacionada com a espiritualidade), ou de técnicas alternativas de cura, como Reiki.

Carol disse...

Que legal! :)

Tenho procurado coisas nesse caminho... agora surgiu uma dúvida, essa questão de onde eu começo e onde o outro termina muitas vezes pode ser um problema,não? Isso diz respeito ao signo de peixes? Ou especificamente a casa 3 ? Por exemplo, alguém com peixes na casa 5, se sentiria assim em relação ao seu lado criativo? Ou alguém com capricornio na casa 3, se sentiria dessa maneira em relação as questões de capricórnio? Viajei muito?

Fico pensando então sobre a energia do Sol.

Muito totalitária essa idéia?

Porque sim, existe o MAPA, somos todos os signos... mas a identidade mesmo é o Sol que determina, não é? E por isso tem que existir uma delimitação muito clara entre quem é vc e quem são os outros. Viajei mais ainda????

Mara disse...

Carol, o Sol determina sua identidade, sim. E como você tem o Sol em Capricórnio, há esta delimitação muito clara. Mas Peixes é um signo sem limites claros, então na casa onde a pessoa tem Peixes no mapa, estes limites ficam meio "borrados", não importa qual o Sol desta pessoa. Então, na casa 8, os seus limites se dissolvem, e fica esta dificuldade em separar o que é teu e o que é do outro, mesmo porque a própria casa 8 já trata da fusão que ocorre através do sexo e da mediunidade. Continue viajando, tenho certeza que você expressa as dúvidas que muitas pessoas têm, mas não perguntam...

Carol disse...

Entendi!! Legal!!
Obrigada!! :)

Andarilho disse...

Tenho a casa 8 em áries, sem planetas, e com o regente (marte) conjunto com mercúrio, em gêmeos, na 10. Tenho dificuldade em entender essa regência da casa 8, e as possíveis relações com a posição de marte. Poderia me ajudar? Desde já, obrigado.

Mara disse...

Olá, Andarilho, seja bem vindo! O planeta regente de uma casa sempre influencia nos assuntos relativos a ela. Com o regente da casa 8 na casa 10, haveria uma tendência a tornar públicos os conteúdos da 8 e/ou utilizar estes conteúdos na sua profissão. Em conjunção com Mercúrio, em Gêmeos, você poderia falar/escrever/aconselhar/ensinar, profissionalmente, a respeito dos temas da casa 8.

Andarilho disse...

Obrigado, Mara. Mas e quanto a regência de áries?

Mara disse...

Andarilho, um signo numa casa sempre dá o tom, o sabor vivenciado naquela casa. Com Áries na 08, você tende a abordar os assuntos da casa de forma Ariana, ou seja, de forma pioneira, usando de iniciativa, intuição, impulsividade... plantando sementes.

Carla disse...

Mara quanta luz aqui nesse seu espaço. Me tocou muito, muito! Estou com plutão na casa 8 em trânsito neste ano. E tenho no mapa natal, nó norte, Venus, Jupiter e Lua nesta casa em Capricornio e Sol de casa 9. Mas este ano estou tb com Urano na casa 10. Estava preparando minha mudança de profissão, empresária, negócio da família, para psicologia, mas deu tudo errado com essa sociedade (netuno de casa 7). Mas sofrendo muito com sociedade mal feita nesta empresa familiar o que ao inves de acertar as coisas arrumei foi um transtorno muito grande.Agora não sei se pego a empresa de volta, ou se deixo passar.Mas como não lutei como uma capricorniana no ano passado quando tudo aconteceu achei que tivesse tempo ainda neste ano, mas agora tem esse Urano na casa 10 pedindo mudança.Mas até a paixão pela psicologia perdi. Esse sentimento de indolencia esta me angustiando. Vc poderia me dizer algo tendo em vista o norte na casa 8 em capricornio? Gratidão Infinita!!!

Mara disse...

Carla, seja bem-vinda! Fico feliz em saber que o blog está sendo útil. O Nódulo Norte está relacionado com nossa missão espiritual, que no seu caso está relacionada com os assuntos da casa 8. Em Capricórnio, ele fala da necessidade de desenvolver algum tipo de estrutura, de planejamento nesta área. Como você tem muita ênfase nesta casa (muitos planetas), estes assuntos são extremamente importantes para você. Você não deixou claro se Capricórnio é o signo na cúspide da casa (é ele que "abre" a casa ou o começo da casa está em outro signo?). Tenha paciência e determinação, estabeleça um plano de ação e dê um passo de cada vez em direção ao seu objetivo. Este é o método Capricorniano. :-)

William Wolf disse...

Oi Mara!!!
Meu nome é William. Minha configuração é a seguinte: Sol, Mercúrio e Lilith em Peixes, na casa 8. Por outro lado, Marte e Saturno em Escorpião, casa 4 e Plutão em Escorpião, só que na casa 3, que tem cúspide em Libra.
O fato é que sempre fui e sou ainda muito desconfiado, retraído, cético, eu diria, ainda que não tivesse certeza de ser ou não um descrente, passava essa imagem. Bem, há alguns anos, senti que deveria me abrir à espiritualidade, e caí de cabeça, leio muito sobre, quero ter certeza de tudo, fico matutando, faço anotações. Até comecei a fazer psicoterapia. Sou vinculado também a uma doutrina espiritualista. Mas sempre fico naquela, sem muito me entregar. E sempre tomo a Astrologia como um referencial. Mas nunca consegui me entender muito bem, segundo as chaves astrológicas. Se você puder lançar-me alguma luz, agradeço.

Mara disse...

William, seja bem-vindo! Você está passando por seu Retorno de Saturno, ou seja, a volta de Saturno ao signo em que ele se encontrava no instante do seu nascimento. O retorno é uma época de profundo amadurecimento, se você se permitir... Saturno em Escorpião pede que você aprenda a lidar com questões de poder e sexualidade, e também a equilibrar a troca energética que ocorre em todos os relacionamentos. Na medida em que você aprende a utilizar o seu poder de maneira digna e responsável, sua autoconfiança tende a se solidificar, o que, por sua vez, aumenta sua confiança na vida e na espiritualidade. O fato de você estar fazendo psicoterapia deve contribuir, e muito, para ampliar sua compreensão.