2 de ago de 2009

E não ter cantos escuros pra guardar os meus segredos... - casa 12


Ao longo de nossa caminhada pela vida, vamos acumulando bagagens.

Uma lembrancinha aqui, outra ali, um presente pra fulano, uma muda de roupa pra enfrentar aquele clima diferente, roupa de banho, equipamento de mergulho, máquina fotográfica...

Quando nos damos conta, estamos carregando tanta tralha que apenas o pensamento de dar mais um passo nos deixa cansados. Talvez tenhamos a brilhante idéia de alugar um depósito para guardar nossos pertences, para que possamos novamente caminhar desimpedidos.

Entretanto, se não mudarmos nosso padrão de comportamento, em pouco tempo teremos juntado um volume igual ou superior ao que carregávamos antes, e então, repetiremos todo o ciclo. E, aos poucos, vamos acrescentando às nossas despesas o ônus dos aluguéis dos depósitos.

Em algum momento, teremos que parar para reavaliar nossa situação. Até que ponto o que acumulamos é realmente necessário? O que é útil não deveria ser levado conosco? O que fazer com aquilo que não nos serve mais?

Limpar armários empoeirados pode não ser uma tarefa agradável. Há coisas que preferíamos não ter que recordar. Há situações que nos ferem ou embaraçam até hoje. Mesmo as boas lembranças podem ferir, se hoje nossa realidade já não é tão prazerosa.

Mas qual é a alternativa? Parar de caminhar? Continuar caminhando com todo este peso no bolso, nas costas ou na consciência? Fazer com que outros carreguem o peso por nós?

Quando chegamos a este ponto da jornada, a única alternativa viável é realmente uma faxina geral. Por mais desagradável que seja este processo em si, o resultado sempre vale a pena.

Poder andar novamente com passos leves, cabeça erguida e sem preocupações? Há quanto tempo você não sabe o que é isso?

É tempo de limpeza.
--------------
No mapa natal, a casa 12 está relacionada com o inconsciente e, por extensão, com nosso carma.

Título: referência à canção Mudanças, de Vanusa e Sérgio Sá.
----------------
Partilhe suas experiências: Qual a situação de sua casa 12? Como você experimenta estas energias no seu cotidiano?
---------------------
Você que fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

3 comentários:

Rachel Hatatue disse...

oi! Tenho sagitário na casa 12. E Netuno e Júpiter em Capricórnio nessa casa.
Isso significa que a espiritualidade é muito importante para mim e que consigo acessa-la e preciso trabalhar esse tema. Mas eu preciso partilhar isso de alguma forma com a humanidade, com as pessoas? Sei que não estamos sozinhos, mas as vezes é duro ter amigos e inimigos invisíveis.
Sagitário presume liberdade, e presumo que cada um é livre como quer ou pode.
Mas Netuno e Júpiter em Capricórnio em especial me pedem para "ensinar" o que sei sobre isso?

Rachel Hatatue disse...

Oi Não sei se me expressei bem. Vou tentar novamente:
Preciso estar a serviço da espiritualidade, criando um trabalho a ser partilhado, com responsabilidade e dedicação... Netuno e Júpiter em Capricórnio na casa 12? Obrigada

Mara disse...

Ok, vamos por partes. Com Sagitário na 12, provavelmente você já teve uma ou mais vidas em que a espiritualidade era importante (em mosteiros, etc).
Netuno e Júpiter mostram que você ainda traz coisas deste passado para serem resolvidas. Como estão em Capricórnio, sim, uma solução seria "estar a serviço da espiritualidade, criando um trabalho a ser partilhado, com responsabilidade e dedicação". Mas, como você disse, Sagitário mostra que você tem liberdade de escolha.
Então, está nas suas mãos: você tem o entendimento e a capacidade, e pode criar os meios...