11 de nov de 2009

Tanta mentira, tanta força bruta... - Urano em Peixes


Há milênios nos matamos uns aos outros em nome de deus.

Em nome de deus, apedrejamos mulheres e amputamos seus narizes.

Amputamos as mãos dos ladrões, em nome de deus.

Castramos meninos pequenos, para que eles pudessem cantar com mais beleza o nome de deus.

Queimamos na mesma fogueira jovens e velhos, homens, mulheres e crianças, para glória maior de deus.

Torturamos os impuros para que alcançassem o reino de deus.

Excluímos do convívio familiar os que se mostravam indignos de deus.

Flagelamos nosso próprio corpo para encorajar a presença de deus.

Discursamos sobre a ira de deus em praça pública.

Excluímos os débeis mentais, epiléticos, aleijados, leprosos, bastardos e órfãos em nome da justiça de deus.

----------------

Não tenho a pretensão de saber o que Deus pretende ou deseja.

Só sei que dentro de mim há um anseio imenso por um mundo mais fraterno, mais amoroso, mais justo.

Com mais risos e menos lágrimas.

Com mais abraços e menos socos.

Com mais diálogo e menos sermão.

Com mais canto e menos grito.

Com mais trabalho e menos servidão.

Com mais ação e menos discurso.

Com mais exemplo e menos hipocrisia.

Quieta no meu cantinho, tento aos poucos encontrar e expandir a minha luz interior.

Talvez desta vez eu consiga, finalmente, me religar a Deus.

Título: referência à canção Cálice, de Chico Buarque e Gilberto Gil.
-------------------------
Você quer fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

2 comentários:

Laura disse...

Tô contigo.

Mara disse...

Laura, saudades! Mais do que nunca devemos rever nossos conceitos de um deus rancoroso, punitivo e vingativo. É hora de nos livrarmos de uma falsa espiritualidade baseada na culpa e abraçarmos a luz, o amor e o perdão!