17 de mai de 2009

Carta aberta de Plutão em Virgem para Netuno em Libra


Cara Netuno em Libra:

Antes de mais nada, deixe-me dizer que eu não sei quando sua alma gêmea vai chegar. Como meu objetivo é ser útil, eu gostaria de ter uma resposta na ponta da língua, mas infelizmente não tenho. E me dói não poder ser útil.

Dói ver você, ano após ano, envergando esta grinalda com as flores já murchas, presa em seu próprio sonho, atenta aos passos na escada. Será que é Ele?

Dói perceber que tantos eles já vieram e se foram, alguns deixando apenas memórias, outros deixando um fruto mais concreto no seu ventre. Alguns partiram seu coração, outros sua carteira, e um foi menos sutil e partiu sua cara mesmo. Cada um contribuiu, à sua própria maneira, para formar a pessoa que você é hoje. Cada um revelou um pedacinho do enigma que você tenta desvendar.

E, no entanto, você continua aguardando a chegada daquele que há de solver todos os mistérios e entregar, triunfante, a razão de seu viver. E enquanto isso, a vida passa.

Você poderia estar construindo a sua própria realidade, mas vai que enquanto você está distraída com outras coisas Ele chega e você não percebe? Não, melhor continuar postada à janela, é mais seguro.

Eu sei que estou tocando num ponto doloroso, e que provavelmente vou provocar muitas lágrimas, e talvez até um pouco de fúria. Mas esta é a minha natureza... E eu acredito que é melhor lancetar um ferimento do que fingir que ele não existe.

Veja, eu sei que é da sua natureza sonhar, fugir da dura realidade, e até iludir. Mas eu conheço seu outro lado, também. Porque faz parte da minha natureza perceber o lado oculto das coisas, eu sei que você tem a capacidade de tornar os sonhos realidade, de trazer um pedacinho do céu para a Terra.

O problema é que você se perdeu em sua própria bruma, e esqueceu de um detalhe fundamental: Libra é relacionamento. QUALQUER relacionamento, não apenas o relacionamento romântico. Isso significa que você está procurando criar um relacionamento ideal com todas as pessoas com que se relaciona (inclusive a caixa do supermercado e o cobrador de ônibus), e não apenas com Ele.

Isso é o que você veio aprender, isto é o que você tem para ensinar. Que existe uma maneira mais bonita, mais positiva, mais saudável de se relacionar. Com qualquer pessoa. A qualquer momento. Em qualquer lugar. Basta abrir o coração.

Mas enquanto você estiver preocupada em guardar seu coração para Ele, seu coração vai continuar fechado. E ninguém vai conseguir entrar. Nem Ele.

Portanto, desta minha maneira brusca, o que estou tentando dizer é: saia da janela, Rapunzel. Venha dançar, e sorrir, e chorar com todos nós nesta grande dança chamada vida. Ainda é tempo. E quem sabe, talvez você possa fazer com que nós finalmente dancemos civilizadamente.

E quem sabe, em plena dança, de repente um outro toque a sua mão de uma maneira especial, que faça você querer uma dança mais romântica. E talvez você fique tão feliz de tê-lo como par que nem se importe se é Ele ou não.

Intensamente,
Plutão em Virgem

-------------------
Geração Plutão em Virgem: aproximadamente de outubro de 1956 a julho de 1972.
Geração Netuno em Libra: aproximadamente de outubro de 1942 a agosto de 1957.
------------------
Você quer fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

4 comentários:

Carol disse...

Oi Mara!

Nossa, estou um pouquinho para frente disso... mas me identifico muito!

Mara disse...

Carol, as pessoas com Netuno na casa 7, Peixes na casa 7, Libra na casa 12, Venus na casa 12, Netuno em aspecto com Venus ou ainda Venus em Peixes provavelmente vão se identificar com este texto... Eu espero que ele seja útil!

Laura disse...

"tchpa"!!! (traduzindo: ouch!)

Nada como ir ao ponto... Bem Plutão o texto, inccrível como você conseguiu incorporar a essência plutaniana em seu texto, Mara!

Mara disse...

Laura, obrigada! Realmente, acho que Plutão "baixou" por aqui na hora de escrever...