3 de set de 2009

Quando colherem os frutos, digam o gosto pra mim... - Plutão em Capricórnio


Nossas crianças estão recebendo como herança um mundo conturbado.

Como podemos prepará-las para lidar com as complexidades da sociedade moderna? Em última instância, não há como proteger completamente nossos filhos. Há um determinado ponto em que temos que confiar numa força divina que sempre age tendo em vista nosso crescimento na luz. Mesmo que muitas vezes, do ponto de vista humano, este crescimento seja permeado pela dor. Mas, dentro das limitações que a vida nos oferece, há algumas atitudes que podemos tomar para nortear sua jornada.

Fale sempre a verdade. Num mundo em que a hipocrisia impera, em que o politicamente correto é usado para maquiar problemas profundamente arraigados, em que somos bombardeados diariamente com mensagens (algumas sutis, outras, nem tanto) contraditórias, é importante que seus filhos possam confiar em alguém. Permita que este alguém seja você. Usando uma linguagem apropriada para a sua faixa etária e capacidade de entendimento, exponha as situações com a maior franqueza possível. Se algo vai doer, ou ser amargo, ou desagradável, não negue as sensações e sentimentos de seus filhos, pretendendo que "isto não é nada". Mas também não dramatize ou exagere as dificuldades, menosprezando a sua força e coragem.

Mostre-se como um ser humano real, com falhas e limitações. Não tente passar a imagem de alguém com super poderes, que nunca erra, ou se arrepende, ou sente cansaço, ou chora, ou simplesmente não sabe a resposta correta. As crianças aprendem pelo exemplo, portanto de nada adianta grandes discursos sobre integridade, se no dia a dia elas o observam representando um papel.

Ensine, desde cedo, a importância da espiritualidade. Não falo aqui da imposição de um culto religioso à criança, mas sim do despertar da consciência, nesta criança, de sua luz interior. Nunca deixo de me surpreender com pais que há anos exercitam sua mediunidade, mas jamais se deram ao trabalho de ensinar os rudimentos da fé aos seus filhos, na ingênua suposição de que eles são muito jovens para compreender.

Ensine, com clareza e exemplos, tudo aquilo que você considera importante na formação de um adulto maduro, saudável, equilibrado e bondoso. Não relegue esta tarefa à terceiros, nem parta do princípio de que "isto é obrigação da escola". A educação espiritual e moral de suas crianças é uma das mais sérias obrigações envolvidas na paternidade.

Examine seus próprios preconceitos e limitações, e procure se aprimorar constantemente. Lembre-se, as crianças aprendem pelo exemplo. Ao observar seu esforço para se tornar uma pessoa melhor, elas estarão aprendendo uma lição inestimável.

Aprenda a ouvir. As crianças pequenas sempre procuram seus pais para esclarecer seus dúvidas e ansiedades. Se você souber manter este canal aberto, ouvindo sem criticar ou cercear, estará pavimento o caminho para uma adolescência mais tranqüila, e estará lançando as bases para um relacionamento saudável com seus filhos adultos.

Reconheça seus erros, peça desculpas e faça reparações quando necessário. Ninguém é perfeito, e mesmo os pais mais bem intencionados às vezes se enganam. Pedir, receber e conceder perdão é uma etapa fundamental na nossa caminhada como seres humanos.

Nunca é tarde para recomeçar. Se seus filhos já são adultos, e você sente que seu relacionamento poderia ser mais afetuoso, mais saudável... Dê o primeiro passo. Estamos neste planeta para aprender. Não tenha medo de tentar.

O trânsito de Plutão por Capricórnio está trazendo à tona a necessidade de reavaliarmos nossas noções de paternidade. É hora de aprendermos a assumir a responsabilidade pelas crianças que estão sob nossa guarda. Dizemos que as crianças são o futuro da humanidade. Se queremos que haja um futuro, temos que começar a investir no presente. Há quanto tempo você não olha nos olhos de seu filho?
----------------
No mapa natal, a situação da casa 5 e de seu planeta regente, bem como o Sol e a Lua, dão indicações sobre suas qualidades como pai ou mãe.

Título: referência à canção Aos nossos filhos, de Ivan Lins e Vitor Martins.
--------------------
Você quer fazer seu mapa astral? Preencha e envie o formulário "Fale com Mara", no alto da coluna à direita, solicitando maiores informações.

Nenhum comentário: